quarta-feira, 27 de abril de 2016

Texto + Playlist : LAR


 Oi gente, como vocês estão?

Eu dei uma sumida né?! Difícil explicar o que estou sentindo agora.
 Umas mistura de depressão pós feriado prolongado, medo do futuro e um pouco da insegurança habitual. 
Tive bastante tempo pra pensar na última semana, pra ler, escrever, colocar as ideias no lugar. Mas parece que quanto mais eu penso, as coisas ficam mais bagunçadas. É como se, ao limpar o chão do quarto a sujeira fosse parar nas prateleiras e vice-versa.
Porém estou aqui, e estou de pé. Com paciência ajeitando tudo de novo. Vira e mexe paro, choro um pouco, torço o pano, começo de novo. 
Em um desses momentos de caos interno absoluto, chamei uma amiga pra me ajudar, e ela me disse que a gente tem que tirar o que é maior primeiro; Não pensei duas, me tirei de lá, a maior causadora de problemas do local. 
Com jeitinho ela me explicou que o lar sou eu, todas as outras pessoas são só visitas. Tenho que parar de habitar no lar alheio. 
Mas como fazer de mim um lar seguro ? Quem será minha fortaleza se não posso deixar minhas estruturas em outra pessoa como eu ? 
Cristo tem sido minha rocha, terreno confiável onde posso me firmar. Como um patrimônio passado de pai para filho, essa certeza vem de gerações passadas até chegar em mim. 
Deixo que reforme esse lugar, até ficar apto para que Ele se instale. Para que eu possa ver a glória representada no céu apesar das minhas janelas empoeiradas. 
 Que sua morada em mim e nossa convivência me torne parecida com Ele. 
Só assim, o medo, insegurança, escuridão e caos vão se tornar realidades distantes.
 A tempestade não me assusta mais, porque agora Aquele que brilha mais do que o sol mora aqui dentro.

[PLAYLIST: LAR]

 

Espero que tenham gostado, até a próxima.
Eu amo vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário