quarta-feira, 15 de junho de 2016

Resenha: O Anjo Peregrino (Roger Elwood)

Oi gente, como vocês estão?
Há algumas semanas eu fiz alguns questionamentos ao meu pai sobre a queda, sobre bem e mal, eternidade e etc. Nessa conversa ele me indicou um livro que, segundo ele, eu iria me identificar. Ele mesmo encontrou o livro na biblioteca da igreja e logo eu estava com O Anjo Peregrino de Roger Elwood nas mãos. 
Mal vi as páginas se passando e quando terminei eu nem podia conter um sorriso. Não teria como não fazer uma resenha dele aqui.


- Resenha: 

O livro trata de um anjo, cujo nome é Darien, que em sua vida no paraíso se sente atormentado com dúvidas sobre a queda de Lúcifer; ele acredita que Deus cometeu um erro ao expulsá-lo do céu e esses questionamentos não o deixam em paz. Mesmo com os testemunhos das pessoas, agora residentes, do céu e com as histórias das batalhas travadas contra os exércitos de demônios, Darien acredita que isso não seja obra do seu antigo amigo. Como alguém que morava e usufruía de tamanha perfeição poderia abrir mão disso para lutar contra quem nunca se perde?
Ele pede então uma "audiência" com o Autor para que suas duvidas fossem esclarecidas e o resultado disso é que Deus lhe dá a opção de ir em missão à terra para ver com os próprios olhos os feitos de Lúcifer, se o que ele visse na Terra dissesse que Deus cometera um erro e que o anjo estava arrependido, Lúcifer e todos os anjos seriam readmitidos no céu. Caso contrário, Darien voltaria sem questionamentos e seguiria sua vida normalmente no paraíso.
 Ao chegar na terra, o anjo se depara com várias situações encantadoras e outras devastadoras.
Como um ser que vive na eternidade, Darien tem passe livre para viajar em diversas épocas e lugares (já que o tempo é só uma condição humana) podendo presenciar cenas como o Holocausto, a Marcha Mortal de Bataan... e acompanhar de perto dramas atuais como costumes perversos que já eram (e são) considerados comuns em nossa sociedade; pornografia, aborto, egoismo, crueldade contra os animais.. Ele também tem a oportunidade de rever alguns dos seus antigos amigos e de conhecer suas novas tarefas como demônios; ilusão, dois senhores, corruptor, culpaminha são alguns dos anjos caídos com os quais ele se depara. Mas seu encontro com Lúcifer é bem mais difícil do que ele esperava, Darien tinha esperança (apesar de tudo o que viu) que o antigo anjo não sabia das atrocidades que estavam sendo feitas na terra, afinal, nem tudo era ruim. Existiam pessoas que não negavam a Cristo e seus mandamentos, ainda tinham justos e que viviam segundo os ensinamentos de Deus na terra.
Mas ao vê-lo tem que fazer uma escolha: bem ou mal? Para qual lado a balança da eternidade vai pender?

- Opinião:

Apesar de ficção, as situações tratadas no livro são bem reais.
 Os sentimentos experimentados durante a leitura foram os mais variados possíveis; algumas páginas me faziam sorrir, outras me faziam chorar. Tive medo, aflição, indignação, repulsa em cada atividade demoníaca descrita. Mas também tive meu coração aquecido com a ternura e cuidado de Cristo em cada situação. 
O texto foi escrito em uma excelência fora do normal, do tipo que te teletransporta para cada local que Darien passou e te leva a sentir cada sentimento que o anjo provou. 
Me identifiquei com Darien. Não como o anjo devoto e fiel que era, mas sim em suas duvidas e questionamentos que o levaram a essa missão chocante. Como o próprio diz em seu personagem, ele se assemelha a Tomé que precisou ver e sentir para acreditar. Um pensamento divergente ao de Lutero ao dizer "Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir."
Mas, após o término da leitura desejei ainda mais estar com Deus em seu lar. A descrição do céu, julgamento, inferno, eternidade só serviram para acrescentar fé ao meu coração de que estou caminhando para o lugar certo, com o Deus certo. E acima de tudo ESPERANÇA. Esperança de que, apesar dos tormentos terrestres, Deus tem cuidado dos seus, oferecendo perdão, amor, graça e fardo leve. E que em breve essas terríveis coisas que vemos e ouvimos serão apenas uma lembrança recordadas sem dor, magoa ou medo em um lugar de plena comunhão com Deus.

Editora: Vida - Páginas: 159 - Categoria: Ficção - Título original: AngelWalk

Infelizmente, eu não encontrei o livro em lojas onlines ou pdf para download. Porém, creio que seja possível encontrá-lo em bibliotecas. Se tiver oportunidade, leia essa obra que pôde acrescentar tanto ao meu coração. 
Espero que tenham gostado. Até a próxima, amo vocês!


Um comentário:

  1. oi Mina do Blog, adorei te conhecer, gostaria muito de lê esse livro, não o encontrei para baixar

    ResponderExcluir