sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Resenha: Extraordinário (R.J. Palacio)

Oi gente, como vocês estão?
Nesse tempo que eu não postei no blog, eu li muitos livros e um deles foi sugerido no "clube do livro" da biblioteca Jamil Almansur Haddad; Extraordinário, da R.J. Palacio. Eu já havia ouvido falar sobre ele e tinha muita curiosidade sobre o tema, mas quando você lê (NOSSA!), o título do livro fala por si! Sabe aquela lista de livros "coisas que todo mundo deveria ler um dia"? Extraordinário sem dúvidas, faz parte dessa lista.



Resenha:
"Não Julgue um livro menino pela capa cara"

Escola nova, quinto ano; já é difícil o suficiente se você é uma criança comum.
Imagine se essa criança nunca frequentou a escola antes...
Acrescente o fato de o rosto dela ter sofrido mutações genéticas e ter tantas deformidades que a ciência não tem nem um nome para tal. É o caso de August Pullman.
Após ter sofrido mais cirurgias do que Michael Jackson ou algum desses famosos maníacos por agulhas, aos 11 anos, Auggie  sabe que seu rosto não é comum, e não é por um simples lábio leporino.
Mas é só superficial, pois ele é um garoto comum, com os mesmos conhecimentos, medos e vontades das crianças da sua idade.
Ao encarar esse novo cenário, os colegas, pais e professores vão aprender a lidar com suas deformidades exteriores, enquanto August aprenderá a lidar com as deformidades internas de alguns deles.
O livro conta com uma narrativa intercalada da visão de alguns personagens do convívio de Auggie, o que facilita a flexibilidade da nossa compreensão em relação a vários lados da mesma história.
O tipo de escrita que faz você repensar uma vida e reconhecer que lealdade, amizade e gentileza tem
 valor inestimado, se comparado a simples aparência das pessoas.
R.J. Palacio agraciou essa obra com muitas referencias do universo pop (principalmente Star Wars) e um jogo de palavras capaz de emocionar qualquer um, com personagens tão característicos que é impossível não se identificar com um e se apegar a vários.

Algumas Frases Especiais:

"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo."

"Quando você tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."

"Não precisamos de olhos para amar, certo? Apenas sentimos dentro de nós. É assim no céu. É só amor. E ninguém se esquece de quem ama."

"É engraçado como às vezes nos preocupamos muito com uma coisa e ela acaba não sendo nem um pouco importante"

"Deveríamos ser lembrados pelas coisas que fazemos. Elas importam mais que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência. As coisas que fazemos sobrevivem a nós."
   
Editora: Intrínseca - Páginas:320 - Categoria: Romance - Título original: Wonder


Mais uma vez, um livro bom é excluído do clubinho dos pdfs. Mas como é um livro conhecido, você provavelmente vai encontrá-lo com facilidade em qualquer biblioteca. Espero que tenham gostado! 
Até a próxima, amo vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário