segunda-feira, 29 de maio de 2017

Eu não desacredito do seu amor... Mas as vezes desacredito da grandeza dele.

 

Tem dias que eu não estou bem. Afinal, eu sou uma pessoa também!
Ontem foi um dia desses; eu me frustrei, chorei bastante, me senti deslocada e até sozinha.
Eu revirei minha lista de amigos em busca de alguém que entendesse meu drama, eu não queria de conselhos ou lições de moral. Eu precisava de um colo.
Eu tenho ótimos amigos, não reclamo deles, mas sabia que a probabilidade de alguém vir me ver no meio da noite era bem remota. Então eu me toquei que não estava fazendo o que ando pregando tanto por ai, não estava confiando em quem SEMPRE esteve ali para tudo que precisei...
No meio da noite então eu me derramei, chorei tudo o que tinha que chorar, sabendo que a presença do Consolador era tão real no meu quarto, a ponto de sentir suas mãos afagando-me os cabelos. Eu peguei do guarda-roupa uma camiseta e meu pijama já caiu em cima da cama, com meia e tudo. Me cobri e deixei Ele fazer o trabalho dele, enquanto eu esperava Nele, confiava na Sua paz, paz que não posso explicar.
"... Pode a tristeza durar uma noite, mas a alegria vem com o amanhecer" Salmos 30:5
O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
Salmos 30:5
O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
Salmos 30:5
É louco quando você lê algo que foi escrito há tanto tempo se realizando diariamente na sua vida, quando você se dá conta que Jesus é mais do que algo para se agarrar... Ele é totalmente real!
Seu amor e cuidado têm sido provado por mim em cada dia, cada crise de identidade, ansiedade, insegurança... Ele está sempre aqui, curando de dentro para fora, me permitindo viver o que digo para as pessoas.
"Felizes os que choram, porque serão consolados" Mateus 5:4

Florzinhas de gratidão por poder dividir isso com vocês.
Até a próxima, amo vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário